ATLAS/ DERIVAÇÃO DE LCR

Sistema de derivação de LCR dos ventrículos cerebrais ao peritônio ou, em certos casos, ao átrio cardíaco.

É formado por cateter ventricular centrimetrado, válvula cilíndrica não metálica com sistema cone-esfera com mola de Phynox e esfera de rubi sintético.

Seu princípio de funcionamento se baseia em um dispositivo cone–esfera alojado em um compartimento cilíndrico.

Estes sistemas possibilitam:

  • Controle da pressão intraventricular.
  • Drenagem de LCR em pacientes que sofrem de hidrocefalia.

São fornecidas válvulas de pressão:

  • Alta, média, baixa e ultra baixa em suas versões adulta e pediátrica.